FARTURA

abençoada é por Deus!

Turismo Religioso

A religiosidade faz parte da história e da cultura farturense. Existimos como cidade, em função da Capela de Nossa Senhora das Dores. Por aqui passa o Caminho das Águas, uma rota de peregrinação pelas belezas de nossa serra, além disso, somos a Casa Mãe das Irmãs da Divina Vontadee sediamos o  primeiro Seminário dos Teatinos do Brasil, aqui a fé se funde à nossa cultura e o resultado é mais de uma dezena de Capelas e Templos Rurais.

Caminho das águas

REFLEXÃO E FÉ

Nossa natureza, cultura e história enriquecem essa rota turística de peregrinação, que percorre a região ligando Pirajú à Abadia de Nossa Senhora da Santa Cruz, em Itaporanga.

Religiosidade Rural

FÉ, HISTÓRIA E TRADIÇÃO

Fartura é impulsionada pela força nossas comunidades rurais, com uma diversidade cultural que se manifesta em sua fé e devoção.

Irmãs da Divina Vontade

HISTÓRICO

Fartura é o lugar do início, “Casa Mãe” onde, a partir de 1962, com a chegada de quatro irmãs, Gaetana Sterni vindas da Itália, teve início a presença da Congregação das Irmãs da Divina Vontade no Brasil. Em 1964, a Associação São Vicente de Paula fez a doação de um terreno e no dia 25 de outubro, com a benção do Padre Salvador Badame, aconteceu a colocação da primeira “pedra” da construção da casa do noviciado, que foi concluída em janeiro de 1967 e inaugurada recebendo a benção oficial em uma celebração Eucarística presidida pelo Bispo de Botucatu, Dom Henrique Trindade

Teatinos do Brasil

HISTÓRICO

Fartura é o berço da Ordem dos Teatinos no Brasil! Os Padres Teatinos Francisco de Lucia e  Salvador Badame começaram a preparar a fundação do primeiro Seminário Teatino na América Latina e com a chegada do Pe. Gabriel Dárida e do Pe. João Ferretti, em 26 de agosto de 1960, vindos da Itália, iniciou-se a concretização do sonho dos Padres Teatinos que estavam no Brasil e no dia 25 de março de 1965, foi inaugurado o Seminário Teatino São Pio X.